Taxa de abertura é uma questão de engajamento. - All iN

Taxa de abertura é uma questão de engajamento.

É engraçado, mas poucos especialistas em e-mail marketing falam sobre dois conceitos muitas das vezes quase contraditórios: o crescimento da lista e o engajamento dos usuários. Enquanto por um lado, todos nós queremos construir nossas bases e enviar nossas mensagens para o máximo de pessoas possível, queremos também assegurar que as pessoas em nossa lista se importem com o que estamos enviando. A triste verdade é que o crescimento de usuários na base nunca é igual ao crescimento do engajamento.

Então, quando me perguntam como fazer para aumentar as taxas de abertura, a minha resposta, invariavelmente, envolve perguntar quantas pessoas estão na sua lista de endereços, quantas dessas pessoas estão ativamente envolvidas com os e-mails enviados e qual o tempo de existência de cada pessoa na base. Em resumo, eu digo para todos: não se preocupe com quantas pessoas você irá impactar, se preocupe com quem elas são e o quanto elas se interessam com o que você está enviando.

Com isso em mente, aqui estão os três primeiros passos que muitas vezes sugiro para impulsionar taxas de abertura:

1. Pare de enviar e-mails para pessoas que não interagem. 
Separe nos últimos doze meses as pessoas que não estão abrindo e clicando em suas mensagens. Envie pesquisas para tentar entender o perfil destas pessoas.  Se mesmo assim não responderem, adicione-os a uma lista de e-mail menos freqüente.

Superficialmente, isso pode parecer um nítido caso de manipulação de números, pois se você enviar a um menor número de pessoas, e que normalmente interagem com você, então sua taxa de abertura irá subir. Mas o objetivo aqui não é simplesmente aumentar seus números, mas sim enviar mais para pessoas que querem ouvir você e menos para pessoas que não demonstraram interesse com o seu produto.

Uma estratégia que é muito praticada em países onde o e-mail marketing está mais evoluído, é o envio de descontos e promoções mais agressivos para o grupo de usuário com baixo engajamento.

Vale lembrar também que a freqüência de e-mails enviados para este grupo de usuários precisa ser obrigatoriamente menor que a freqüência de envio para usuários ativos, pois muitas vezes, o motivo do baixo engajamento pode estar ligado à alta freqüência de envio.

2. Agora separe seus leitores mais ativos. 
Separe as pessoas que estão abrindo e clicando suas mensagens com mais freqüência. Estes são os seus clientes mais ativos, os que se preocupam mais com o que você está enviando e que realmente optam por se envolver com suas mensagens e, por extensão, a sua empresa. Crie uma lista só para eles e chame-os de “ATIVOS”. O objetivo final é sempre aumentar o número de pessoas nesta lista.

3. Segmente a sua lista. 
Quanto mais segmentada estiver a sua lista, maior é a chance de seus e-mails serem abertos e lidos. Assim separe sua lista inteira em pequenos grupos por interesse e se comunique com cada lista enviando um conteúdo direcionado para cada perfil. Como você pode saber o interesse de seus usuários? Veja o que eles estão clicando, categorizando os links em todas as suas campanhas, assim você terá mais informação para trabalhar dentro do segmentador.

Como você mesmo percebeu essas etapas não são soluções rápidas e fáceis para serem adotadas. A qualidade no e-mail marketing leva tempo e esforço, mas se você limpar as suas listas e orientar melhor suas mensagens, você terá sem dúvida melhores resultados.

Outra vantagem interessante ao enviar e-mails com mais qualidade para os usuários mais engajados e diminuir a freqüência de envio para os menos engajados é o aprimoramento de sua reputação nos grandes serviços de webmail, isso ajuda a reduz ainda mais as chances de seus e-mails caírem na caixa de spam, aumentando ainda mais as suas taxas.

Se você tiver alguma pergunta para mim ou qualquer pessoa da nossa equipe de e-mail marketing, não hesite em enviar um e-mail para suporte@allinmedia.com.br que teremos o maior prazer de tirar qualquer dúvida sobre e-mail marketing e a plataforma AllinMail V2.

Obrigado.
Michel Araújo
CTO ALLINMAIL
Link: http://www.allinmail.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *