O que é opt-in? Saiba mais sobre a premissa básica no e-mail marketing! - All iN

O que é opt-in? Saiba mais sobre a premissa básica no e-mail marketing!

Ninguém gosta de receber e-mails aleatórios de marcas oferecendo os mais diversos produtos ou descontos. Você provavelmente não deu autorização para receber esse e-mails e envia todos para o spam, não é mesmo?

Esse é um problema que muitas pessoas enfrentam, mas que, aos poucos, vai sendo amenizado. Muitas empresas, hoje em dia, se preocupam em seguir a risca as boas práticas de E-mail Marketing e uma delas é justamente não mandar e-mails para a sua caixa de entrada sem a sua autorização. E esse é o papel do opt-in!

Diferente do outbound marketing, onde você anuncia para o mercado como um todo e espera que alguém – seja ele quem for – se interesse pela sua comunicação, o Inbound Marketing indica que é importante o cliente vir até você, e não ao contrário.

Fazer conteúdo relevante, ter ofertas interessantes e segmentar suas ações para o público certo é o que fará um cliente em potencial te procurar, gerando uma comunicação muito mais eficaz, direcionada e ética, o que, consequentemente, aumentará suas chances de conversão, melhorará o relacionamento e te ajudará a entender quais os interesses e necessidades dos seus leads.

Algumas empresas, no entanto, acreditam que se enviarem e-mails para qualquer pessoa, seja ela interessada ou não em seu produto, poderá melhorar as conversões e vendas. Pelo contrário, ações como essa geram uma péssima reputação para a empresa

Para entender melhor o que é opt-in e como essa boa prática é essencial no E-mail Marketing da sua empresa, continue acompanhando o nosso artigo!

O que é opt-in na prática?

imagem indicando o acesso opt-in do e-mail
Entender o que é opt-in é essencial para guiar as boas práticas de E-mail Marketing da sua empresa.

Já pensou em solicitar a autorização do seu possível comprador para enviar e-mails e ofertas variadas? É assim que funciona o opt-in. Por definição, essa é uma abordagem em que o visitante aceita e se cadastra para receber as suas mensagens e conteúdos educativos.

Essa boa prática, além de ser zero invasiva, é muito mais eficaz e aumenta consideravelmente suas chances de conversão e bom relacionamento com o lead, isso porque ele aceitou receber os seus e-mails, ou seja, tem interesse em sua empresa e produtos e/ou serviços.

Então, assim como o inbound marketing pontua, o lead vem até você e a sua empresa, de forma habilidosa e direcionada, apresenta o que ele procura ou desperta um novo desejo de consumo.

Levando isso em consideração, quando você cria uma lista de contatos opt-in, ela reduz drasticamente a possibilidade de cair no spam ou de ter o seu endereço bloqueado pelo comprador, o que melhora a taxa de abertura e o acompanhamento da jornada do cliente. Além disso, cria uma base de cadastros sólida e completa e, ainda, consegue segmentar suas ofertas exatamente para o que seu público espera.

Assinar a newsletter, se inscrever em um formulário na sua landing page ou apenas assinalar para receber as novidades da sua empresa pode parecer simples, mas é o futuro da sua comunicação e muito provavelmente do seu sucesso de vendas.

Assim, quando o cliente vem até você e escolhe receber sua comunicação, ele tem empatia por sua empresa e é a chance perfeita para você nutrir um bom relacionamento e consolidar uma boa imagem do seu negócio.

Muito além de apenas vender; trata-se de conquistar, criar empatia e fidelizar o que podia ser apenas um cliente, fazendo com que se torne um futuro “embaixador” ou “advogado da marca”, ou seja, alguém que gosta e defende a sua marca.

Vale destacar que o fato do usuário preencher um cadastro para realizar uma compra, não quer dizer que ele queira receber as suas comunicações futuras. Importante ter nesse processo uma validação por algum e-mail específico para que o usuário te indique se ele gostaria de receber e-mails promocionais.

Como fazer opt-in?

Agora que você já compreende o que é opt-in, é o momento de entender como esse processo se dá na prática. Para isso, fizemos um passo a passo:

1- O cliente se cadastra em qualquer formulário da sua empresa;

2- Você envia um e-mail deixando claro que o cliente aceitou receber os e-mails da empresa daquele dia em diante e pergunta se ele gostaria de receber outros e-mails.

O que é double opt-in?

Agora que você já entendeu melhor o que é opt-in, pode se interessar também por uma de suas variações: o double opt-in; que como o nome já diz, é uma dupla confirmação.

Essa validação acontece quando o usuário escolhe receber a sua comunicação e, nesse momento, recebe um novo e-mail para confirmar sua assinatura. Normalmente, o double opt-in acontece através de um link em que o usuário clica e é direcionado a uma outra página. Assim, ele confirma que é o proprietário do endereço e que aceitou se inscrever para receber seus e-mails.

O double opt-in é a forma mais segura e eficaz de garantir que seu prospecto está disposto a receber suas ofertas e possivelmente virar um cliente. Além disso, solicitando a confirmação após a assinatura, você pode garantir que aquele é um e-mail válido e que o seu lead está realmente disposto a receber sua comunicação, já que além de assinar, ele precisa também confirmar a assinatura.

Utilizando o double opt-in você cria uma base de cadastros altamente qualificada, consegue um contato direto e personalizado com o seu cliente, diminui a taxa de cancelamento de inscrição – já que o cliente optou por receber seus e-mails – e melhora a taxa de cliques e conversão.

Essa é uma ótima opção para garantir que os seus e-mails marketing performem bem, aumentando consideravelmente a taxa de conversão e estreitando o relacionamento com seus leads e clientes.

Como fazer o double opt-in?

Abaixo, listamos um passo a passo para te ajudar a entender melhor como funciona o double opt-in na prática:

1- Usuário solicita receber seus e-mails ou campanhas;

2-  Você envia um e-mail com um link de ativação de cadastro;

3-  Ao clicar no link, o usuário é redirecionado a seu site;

4- Somente após clicar no link é que ele passa a integrar suas listas de contatos.

Opt-out: como lidar?

imagem indicando o processo de opt-in no e-mail marketing
Agora que você sabe o que é opt-in, entenda sobre opt-out e como lidar com ele!

Ciclos sempre terminam e não seria diferente com a sua base de contatos, não é mesmo? Quando o cliente escolhe sair da sua lista de e-mails, é fundamental – sim, nós dissemos fundamental – que você dê essa opção para ele da forma simples e o menos burocrática possível.

Ele pode tomar essa decisão por não se interessar mais pelos seus serviços, por já ter realizado a compra, por apenas não querer mais receber seus e-mails ou por quaisquer outros motivos, e é importante que você entenda quais são eles.

Para isso, você pode adicionar uma lista de razões no momento do cancelamento do cadastro ou indicar um formulário para que o cliente responda. O importante é que você saiba, mesmo que superficialmente, os motivos do cancelamento.

Nem todos preencherão uma lista de razões, infelizmente, mas os que responderem te darão uma ótima perspectiva se você está fazendo algo de errado ou se é apenas uma escolha dele, o que pode te ajudar a melhorar com os demais clientes e, quem sabe, voltar a ter um relacionamento com esse consumidor futuramente.

Vale ressaltar que, independente do preenchimento ou não desse formulário, o cliente deve ser removido da base no momento que ele solicita o opt-out.

Caso você não der a opção de se descadastrar facilmente, o que era para ser apenas uma perda na lista de contatos pode se tornar alguém que tem repulsa à marca, reclamando nas redes sociais, não recomendando para os amigos e marcando sua empresa como spam em sua caixa de e-mail.

E, se isso acontecer, você nunca mais terá nenhum tipo de oportunidade com esse lead, e o pior, a reputação da sua empresa poderá ficar comprometida. 

Também é importante entender que, às vezes, o lead não quer, necessariamente, descontinuar o contato com a sua empresa, apenas prefere não receber mais e-mails e acompanhará sua empresa de outras formas, como pelas redes sociais.

Opções de opt-out

Existem várias formas para possibilitar um cancelamento de cadastro. Você pode dar a opção de opt-out de forma sútil, apenas com um “cancelar cadastro” no rodapé de seus e-mails ou enviar e-mails específicos perguntando ao usuário se ele ainda deseja receber as suas campanhas. Esse segundo é indicado para usuários que possuem um período grande de inatividade com os e-mails.

Lembre-se que o opt-out é essencial, já que, por mais que você tenha um contato a mais em sua lista, pode perder em métricas como: taxa de abertura, engajamento e conversão, prejudicando seus resultados e relatórios, além de perder o bom relacionamento que nutriu até então.

Agora que você já entendeu o que é opt-in, double opt-in, opt-out e como implementá-los em sua estratégia de e-mail marketing, que tal começar a fazer alguns testes?

Comece a incorporar a tática em seus meios de comunicação e veja como é a reação dos seus visitantes; as adesões começarão gradualmente e, assim, você conseguirá entender o perfil, interesses e necessidades dos seus possíveis leads. Lembre-se: nenhum resultado virá imediatamente, o trabalho é gradativo, bem como os resultados.

Inove em suas abordagens, organize sua equipe, faça testes, utilize estratégias bem pensadas, observe e compare seus resultados e esteja atualizado com as novidades do mercado, o seu cliente merece e espera o melhor que sua empresa pode oferecer.

E, sempre que precisa, não hesite em nos procurar, será um prazer fazer parte do seu sucesso.

Gostou do artigo? Entendeu melhor o que é opt-in e outras boas práticas de E-mail Marketing? Leia também sobre como se prevenir dos spamtraps!

 Além disso, confira nosso guia de e-mail marketing!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *