5 motivos para você não comprar uma lista de e-mail | All iN

5 motivos para você não comprar uma lista de e-mail

Comprar uma lista de e-mail parece, à primeira vista, uma rápida e vantajosa forma de obter uma base de contatos para campanhas de marketing digital, especialmente quando uma empresa está iniciando suas atividades no mercado. A princípio, a ideia de comprar mailing list soa como uma ótima ideia para divulgar novos negócios, não é mesmo? No entanto, saiba que esta prática além de ilegal, pode sair caro e comprometer seriamente a reputação da sua empresa!

Construir uma lista de contatos segmentada e qualificada é uma tarefa trabalhosa, que exige tempo e dedicação. Iniciantes em negócios online supõem que comprar lista de emails aumenta as chances de encontrar clientes em potencial. Apesar da aparente facilidade e baixo custo de aquisição de contatos, adquirir informações pessoais sem autorização é um dos erros mais recorrentes entre empresas de diversas áreas de atuação.

Garantir um “atalho” para disseminar conteúdos a respeito de determinado serviço ou produto é, infelizmente, uma prática bastante comum. Saiba por que você não deve comprar lista de emails segmentada.

Listas de emails nem um pouco confiáveis

O foco de uma estratégia de inbound é gerar conteúdo relevante para o público certo. Comprar mailing list significa que pessoas aleatórias, que não conhecem e nem estão interessadas no seu serviço ou produto, receberão e-mails da sua empresa.

Certamente é o tipo de mensagem que vai para a lixeira ou será marcada como SPAM. Além disso, é bastante provável que muitas contas não existam mais ou estejam desativadas. Isso faz com que a lista seja nem um pouco confiável, pois as mensagens são disparadas para um público que não foi segmentado.

Problemas com o provedor de serviço de e-mail

O avanço da tecnologia permitiu uma grande evolução nos serviços de e-mail. Atualmente, as plataformas de disparo possuem mecanismos capazes de detectar erros de entrega e identificar listas de má qualidade, prejudicando seriamente a reputação da sua infraestrutura de disparo pelos provedores.

Por exemplo: o bounce rate ou taxa de retorno indica quantos e-mails são enviados para lista e retornam por algum problema. Os softwares de e-mail marketing identificam listas compradas por meio deste indicador. Caso muitas mensagens sejam marcadas como spam, a conta é encerrada e o serviço de e-mail pode tomar ações legais contra a empresa, uma vez que comprar lista de e-mails viola o contrato de serviço.

Reduz a capacidade de entrega

Ao enviar uma mensagem para um destinatário que não assinou para recebê-la, é bastante possível que o conteúdo seja identificado como SPAM. Na pior das hipóteses, quando um endereço de IP do remetente é notificado como spammer, a mensagem sequer vai para a caixa de SPAM.  

A presença de e-mails não autorizados de um cliente prejudica a capacidade de entrega de outros clientes que compartilham o IP notificado, interferindo seriamente no retorno sobre o investimento. Uma boa lista de emails deve ser pautada na qualidade, e não na quantidade.

Prejudica a imagem da marca

Ao enviar mensagens a respeito do seu serviço ou produto para pessoas que não se inscreveram para recebê-los é bastante incômodo, irritante e invasivo para o usuário. A prática, além de trazer problemas junto ao provedor de serviços de e-mail, também compromete a reputação online da sua empresa.

Bastam algumas menções negativas nas redes sociais para que a reputação da sua empresa seja prejudicada. É possível verificar esse tipo de situação ao realizar uma pesquisa nas ferramentas de busca, que indicarão os principais resultados na primeira página: reclamações de pessoas irritadas por receberem vários e-mails não solicitados da sua empresa.

Comprar listas de e-mail é crime

Além de ser uma péssima opção de incrementar a lista de contatos de uma empresa, comprar mailing list é crime previsto pelo Código Penal. O e-mail faz parte da privacidade da pessoa e não pode ser divulgado de qualquer forma sem o consentimento prévio do cliente. Tal prática configura abuso de direito, cabendo um processo de danos morais contra a empresa anunciante e a empresa que vende o serviço.

A compra de lista de e-mails é perigosa não apenas para  as finanças como também para a reputação de uma empresa. Construa sua base de contatos com um trabalho de marketing digital de qualidade, oferecendo materiais valiosos e benéficos para o público. Por meio de pesquisas, formulários e outros canais você poderá delinear uma estratégia de disparo eficiente, assertiva e lucrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *