5 dicas para ter um mailing list vencedor - All iN

5 dicas para ter um mailing list vencedor

O e-mail marketing é uma estratégia de relacionamento que cresceu muito nos últimos anos e fazer uma campanha bem feita é uma das melhores formas de atingir o sucesso, e pode acreditar, essa estratégia ainda é responsável pelo maior ROI se comparado a outras mídias.

Para entender um pouco do por quê de tanta eficácia, podemos analisar um ponto simples que pode fazer muita diferença na hora de se relacionar com seu público. Pense em um grande e-commerce; agora imagine que manter um bom relacionamento com milhões de clientes podia ser uma tarefa bem complicada que talvez não fosse possível se não existisse o e-mail marketing. Mesmo com o boom das redes sociais, que podem chegar a milhões de curtidas, nenhuma vai conseguir alcançar seus consumidores de uma forma tão íntima e eficiente como o e-mail.

Agora que você já sabe que uma campanha de e-mail pode ser a chave do sucesso do seu negócio, é preciso saber como é importante cuidar do seu mailing para uma comunicação assertiva.

 

Para começar, o que é mailing?

Mailing é nada mais nada menos que sua base de contatos, a lista com todas as informações do público que vai receber suas comunicações. Portanto, construir uma base rica e de qualidade é um ponto muito importante para uma estratégia de sucesso. Você sabe como fazer isso? Confira algumas dicas para melhorar a eficiência da sua lista:

 

1- Não compre bases prontas

Pode ser muito tentador conseguir em minutos uma base com milhares de contatos, mas saiba que fazer isso pode significar a condenação do seu sucesso. A compra de listas de e-mails, além de ser ilegal, provavelmente irá gerar grandes problemas para seu negócio. Afinal, você estará mandando sua comunicação para pessoas que não autorizaram esses envios e que provavelmente não tem interesse nos seus produtos ou serviços, ou seja, a chance de te classificarem como spammer e/ou dar opt-out na sua base são enormes.

Além da ameaça de receber reclamações e avaliações de consumidores, existe também o problema de que as listas compradas que estão repletas de endereços inválidos e são esses e-mails que indicarão aos provedores que você está praticando spam.

Essa prática irá prejudicar e penalizar sua empresa, então entenda que construir uma base limpa e qualificada leva tempo, mas é o caminho correto e eficaz.

 

2- Peça autorização para o envio de e-mails

Complementando o item anterior, já sabemos que a compra de bases não é de forma alguma uma boa, agora vamos entender a melhor forma de captar dados para suas listas.

A melhor forma de coletar esses dados é a partir de formulários de cadastro, e é aqui que entra o opt-in, ou seja, a autorização do cliente em receber comunicações da sua empresa. Para ter certeza que seus clientes estão interessados, deixe sempre disponível a opção “desejo receber ofertas e novidades”.

 

3 – Aposte na captação

Agora você já tem um formulário opt-in, precisamos de pessoas para preenchê-lo! A dica é usar redes sociais para divulgar seu formulário. Aposte em conteúdos ricos e que chamem a atenção do seu público, como e-books, webinars, ofertas exclusivas, promoções, etc. Vale a pena também patrocinar esse conteúdo, mas lembre-se de focar em alcançar consumidores relevantes.

 

4- Ofereça o opt-out

Tenha em mente que seus consumidores podem não querer mais receber seus e-mails, seja pela perda de interesse no seu produto/serviço ou por não acharem seu conteúdo relevante. Por isso, é mais que necessário oferecer uma opção explícita de descadastro em seus e-mails que deve ser tão simples quanto o opt-in.

Talvez você pense que perder um contato possa ser ruim, mas manter esse consumidor em sua base pode afetar sua reputação. Afinal, um cliente descontente pode causar muitos danos, como avaliações de spam e reclamações, além de poder afetar sua taxa de abertura caso ele simplesmente pare de abrir suas comunicações.

Let it go! É melhor perder um contato e manter sua base qualificada.

 

5- Mantenha sua base limpa

Quando você extrai os relatórios de suas campanhas de e-mail marketing, alguns e-mails acabam classificados como “soft bounces” e “hard bounces”.

Os soft bounces são endereços de e-mail para os quais suas comunicações não foram entregues por alguma instabilidade que não permitiu a entrega, seja por um problema no servidor ou até mesmo uma caixa de entrada cheia.

Já os hard bounces indicam endereços de e-mail que não existem ou que estão com algum erro de digitação.

Para manter sua base limpa, pegue os soft bounces e faça mais alguns envios. Se os e-mails continuarem com erros de entrega apague-os da sua base. Quanto aos hard bounces, não pense duas vezes, elimine-os das suas listas.

 

Por fim…

Montar uma base de contatos de qualidade é uma tarefa que leva tempo mas não é aquele bicho de sete cabeças. Se você seguir essas pequenas práticas pode ser bem simples manter uma lista qualificada.

Agora que você já sabe como, basta colocar em prática. Continue nos acompanhando para saber como continuar alimentando sua base com informações mais ricas que permitirão a segmentação e personalização de suas campanhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *